Jornal a Cidade Regional - A melhor divulgação para você

Chuva provoca alagamentos e derruba árvores em SP; ônibus e carros são atingidos

Um árvore caiu sobre um carro na Vila Mariana e outra sobre um motoqueiro na Av. 23 de Maio.
Chuva provoca alagamentos e derruba árvores em SP; ônibus e carros são atingidos
Reprodução/GloboNews

Chuva provoca alagamentos e derruba árvores em SP; ônibus e carros são atingidos

G1.globo.com

Uma árvore caiu sobre um carro na Vila Mariana, na Zona Sul de São Paulo, e três pessoas chegaram a ficar presas nas ferragens na tarde desta terça-feira (1) em meio à chuva forte que atingiu a cidade. Ao menos mais três árvores de grande porte caíram na capital paulista, uma delas atingiu um ônibus e outra, um motoboy.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a árvore caiu sobre o carro na Rua Dr. Thirso Martins. Das três vítimas que ficaram presas nas ferragens, uma criança já foi resgatada. O Corpo de Bombeiros enviou quatro viaturas para o atendimento.

O helicóptero da TV Globo registrou a queda de uma árvore sobre um ônibus na Av. Domingo de Moraes, também na Vila Mariana. Segundo o Corpo de Bombeiros há relatos de vítimas presas nas ferragens e viaturas estão a caminho do local. No mesmo quarteirão um transformador está pegando fogo.

Ainda na Zona Sul da cidade, na Rua Bom Pastor, no Ipiranga, outro veículo também foi atingido por uma árvore, mas não há vítimas, segundo o Corpo de Bombeiros. Duas viaturas foram enviadas até o local.

Uma equipe da TV Globo passava pela Avenida 23 de Maio quando presenciou um motoqueiro preso em meio de arbustos de outra árvore que caiu. Ele aparentava não ter ferimentos graves.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura emitiu estado de atenção para alagamentos nas seguintes regiões:

 

  • Zona Leste, às 14h10
  • Zona Sudeste, às 14h10
  • Zona Norte, às 13h40
  • Zona Oeste, às 13h40
  • Centro, às 13h40
  • Marginal Tietê, às 13h40
  • Marginal Pinheiros, às 13h40

 

Por volta das 15h30, eram registrados pontos de alagamento na cidade:

 

  • Transitável: na Av. Inajar de Souza, na altura da Rua Antônio Ribeiro de Morais
  • Transitável: na Av. das Nações Unidas, na altura da Av. JK

 

De acordo com o CGE, áreas de instabilidade começam a atuar com forte intensidade na Zona Norte, nos bairros de Pirituba, Jaraguá, Jaçanã, Tremembé e Perus. O mesmo quadro é observado na Lapa, na Zona Oeste.

As próximas horas seguem com tempo instável com chuvas atuando com potencial para rajadas de vento, raios e formação de alagamentos.

Temporal na segunda-feira

 

O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital, também chegou a fechar para pousos e decolagens durante 34 minutos, por causa do temporal.

Na rua Barão de Duprat, na região central de São Paulo, o vento forte e a chuva derrubaram uma árvore em cima de um carro estacionado, danificando um segundo veículo ao lado. Outro registro de queda de árvore foi na Avenida Jabaquara, na Zona Sul, quando parte dos galhos da árvore interditou totalmente a via no meio da tarde.

A chuva também chegou a invadir um supermercado no bairro da Santa Cecília, na região central da cidade, além de cair forte na região de Pinheiros, na Zona Oeste.

O CGE registrou 16 pontos de alagamento na capital, sendo 7 intransitáveis.

As autoridades recomendam:

 

  • Evitar transitar em ruas alagadas;
  • Se a chuva causou inundações, não enfrentar correntezas;
  • Ficar em lugar seguro e se precisar, pedir ajuda;
  • Manter-se longe da rede elétrica e não parar debaixo de árvores;
  • Abrigar-se em casas e prédios;
  • Planejar viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;
  • Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, liguar para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) através do número 156 ou no site da CET

 

 

Previsão para os próximos dias

 

Segundo o CGE, a semana deve transcorrer com temporais localizados sobre o estado paulista, o que inclui a capital e Região Metropolitana. Essa condição eleva o potencial para escorregamentos de encostas em áreas de risco.

Na quarta-feira (2), o cenário atmosférico não muda. Madrugada com céu nublado e termômetros em torno dos 20°C, gerando sensação de abafamento. A partir da tarde, retornam as condições para a ocorrência de novos temporais. São esperadas chuvas de forte intensidade, que virão acompanhadas de trovoadas, raios e eventualmente rajadas de vento e queda de granizo. A temperatura máxima atinge os 28°C e os percentuais mínimos de umidade se mantêm acima dos 47%.

A quinta-feira (3) segue o padrão dos dias anteriores. Madrugada ainda quente com termômetros na casa dos 20°C e amanhecer com sol entre muitas nuvens. A temperatura máxima se eleva um pouco mais ao longo do dia e se aproxima dos 30°C, enquanto as taxas de umidade do ar variam entre 40% e 90%. As pancadas de chuva retornam entre a tarde e a noite com intensidade moderada a forte, aumentando ainda mais o risco de novos alagamentos e escorregamentos de terra em decorrência do solo encharcado.

 

OUVIR NOTÍCIA

Uma árvore caiu sobre um carro na Vila Mariana, na Zona Sul de São Paulo, e três pessoas chegaram a ficar presas nas ferragens na tarde desta terça-feira (1) em meio à chuva forte que atingiu a cidade. Ao menos mais três árvores de grande porte caíram na capital paulista, uma delas atingiu um ônibus e outra, um motoboy.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a árvore caiu sobre o carro na Rua Dr. Thirso Martins. Das três vítimas que ficaram presas nas ferragens, uma criança já foi resgatada. O Corpo de Bombeiros enviou quatro viaturas para o atendimento.

O helicóptero da TV Globo registrou a queda de uma árvore sobre um ônibus na Av. Domingo de Moraes, também na Vila Mariana. Segundo o Corpo de Bombeiros há relatos de vítimas presas nas ferragens e viaturas estão a caminho do local. No mesmo quarteirão um transformador está pegando fogo.

Ainda na Zona Sul da cidade, na Rua Bom Pastor, no Ipiranga, outro veículo também foi atingido por uma árvore, mas não há vítimas, segundo o Corpo de Bombeiros. Duas viaturas foram enviadas até o local.

Uma equipe da TV Globo passava pela Avenida 23 de Maio quando presenciou um motoqueiro preso em meio de arbustos de outra árvore que caiu. Ele aparentava não ter ferimentos graves.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura emitiu estado de atenção para alagamentos nas seguintes regiões:

 

  • Zona Leste, às 14h10
  • Zona Sudeste, às 14h10
  • Zona Norte, às 13h40
  • Zona Oeste, às 13h40
  • Centro, às 13h40
  • Marginal Tietê, às 13h40
  • Marginal Pinheiros, às 13h40

 

Por volta das 15h30, eram registrados pontos de alagamento na cidade:

 

  • Transitável: na Av. Inajar de Souza, na altura da Rua Antônio Ribeiro de Morais
  • Transitável: na Av. das Nações Unidas, na altura da Av. JK

 

De acordo com o CGE, áreas de instabilidade começam a atuar com forte intensidade na Zona Norte, nos bairros de Pirituba, Jaraguá, Jaçanã, Tremembé e Perus. O mesmo quadro é observado na Lapa, na Zona Oeste.

As próximas horas seguem com tempo instável com chuvas atuando com potencial para rajadas de vento, raios e formação de alagamentos.

Temporal na segunda-feira

 

O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital, também chegou a fechar para pousos e decolagens durante 34 minutos, por causa do temporal.

Na rua Barão de Duprat, na região central de São Paulo, o vento forte e a chuva derrubaram uma árvore em cima de um carro estacionado, danificando um segundo veículo ao lado. Outro registro de queda de árvore foi na Avenida Jabaquara, na Zona Sul, quando parte dos galhos da árvore interditou totalmente a via no meio da tarde.

A chuva também chegou a invadir um supermercado no bairro da Santa Cecília, na região central da cidade, além de cair forte na região de Pinheiros, na Zona Oeste.

O CGE registrou 16 pontos de alagamento na capital, sendo 7 intransitáveis.

As autoridades recomendam:

 

  • Evitar transitar em ruas alagadas;
  • Se a chuva causou inundações, não enfrentar correntezas;
  • Ficar em lugar seguro e se precisar, pedir ajuda;
  • Manter-se longe da rede elétrica e não parar debaixo de árvores;
  • Abrigar-se em casas e prédios;
  • Planejar viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;
  • Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, liguar para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) através do número 156 ou no site da CET

 

 

Previsão para os próximos dias

 

Segundo o CGE, a semana deve transcorrer com temporais localizados sobre o estado paulista, o que inclui a capital e Região Metropolitana. Essa condição eleva o potencial para escorregamentos de encostas em áreas de risco.

Na quarta-feira (2), o cenário atmosférico não muda. Madrugada com céu nublado e termômetros em torno dos 20°C, gerando sensação de abafamento. A partir da tarde, retornam as condições para a ocorrência de novos temporais. São esperadas chuvas de forte intensidade, que virão acompanhadas de trovoadas, raios e eventualmente rajadas de vento e queda de granizo. A temperatura máxima atinge os 28°C e os percentuais mínimos de umidade se mantêm acima dos 47%.

A quinta-feira (3) segue o padrão dos dias anteriores. Madrugada ainda quente com termômetros na casa dos 20°C e amanhecer com sol entre muitas nuvens. A temperatura máxima se eleva um pouco mais ao longo do dia e se aproxima dos 30°C, enquanto as taxas de umidade do ar variam entre 40% e 90%. As pancadas de chuva retornam entre a tarde e a noite com intensidade moderada a forte, aumentando ainda mais o risco de novos alagamentos e escorregamentos de terra em decorrência do solo encharcado.

 

Fonte

G1.globo.com

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Cidades
Barueri começa vacinação contra Covid nesta terça-feira
Barueri começa vacinação contra Covid nesta terça-feira
VISUALIZAR
Cidades
Primeira pessoa é vacinada contra Covid-19 no Brasil
Primeira pessoa é vacinada contra Covid-19 no Brasil
VISUALIZAR
Cidades
Temporada de fortes chuvas em janeiro exige cuidado e atenção da população de Santana de...
Temporada de fortes chuvas em janeiro exige cuidado e atenção da população de Santana de Parnaíba
VISUALIZAR
Cidades
ATUAÇÃO DO DEPUTADO CEZAR: Projeto que torna Parnaíba Município de Interesse Turístico é...
ATUAÇÃO DO DEPUTADO CEZAR: Projeto que torna Parnaíba Município de Interesse Turístico é aprovado pela CCJ
VISUALIZAR
Cidades
Furlan chama Bolsonaro de medíocre por “ainda” não ter vacina contra Covid
Furlan chama Bolsonaro de medíocre por “ainda” não ter vacina contra Covid
VISUALIZAR
Cidades
Barueri tem redução acentuada da criminalidade nos últimos quatro anos
Barueri tem redução acentuada da criminalidade nos últimos quatro anos
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )