Jornal a Cidade Regional - A melhor divulgação para você

OMS aprova uso emergencial da CoronaVac

Recomendação de uso é para adultos de 18 anos ou mais, em um esquema de duas doses com um espaçamento de 2 a 4 semanas
OMS aprova uso emergencial da CoronaVac
Reprodução/Google

OMS aprova uso emergencial da CoronaVac

G1.globo.com

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou, nesta terça-feira (1º), o uso emergencial da CoronaVac, vacina desenvolvida contra a Covid-19 pelo laboratório chinês Sinovac. A vacina é a sexta a receber essa aprovação pela entidade e é uma das três que estão sendo usadas no Brasil.

 

Com base nas evidências disponíveis, a OMS recomendou a vacina para uso em adultos de 18 anos ou mais, em um esquema de duas doses com um espaçamento de duas a quatro semanas.

 

A entidade afirmou que a vacina "atende aos padrões internacionais de segurança, eficácia e de fabricação", e que "seus requisitos de armazenamento fáceis a tornam muito gerenciável e particularmente adequada para cenários de poucos recursos".

 

Resultados

A OMS considerou dados de eficácia da vacina que mostraram que ela preveniu casos sintomáticos de Covid em 51% dos vacinados e casos graves da doença em 100% da população estudada. Essas taxas correspondem às divulgadas pelo Instituto Butantan em janeiro.

OUVIR NOTÍCIA

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou, nesta terça-feira (1º), o uso emergencial da CoronaVac, vacina desenvolvida contra a Covid-19 pelo laboratório chinês Sinovac. A vacina é a sexta a receber essa aprovação pela entidade e é uma das três que estão sendo usadas no Brasil.

 

Com base nas evidências disponíveis, a OMS recomendou a vacina para uso em adultos de 18 anos ou mais, em um esquema de duas doses com um espaçamento de duas a quatro semanas.

 

A entidade afirmou que a vacina "atende aos padrões internacionais de segurança, eficácia e de fabricação", e que "seus requisitos de armazenamento fáceis a tornam muito gerenciável e particularmente adequada para cenários de poucos recursos".

 

Resultados

A OMS considerou dados de eficácia da vacina que mostraram que ela preveniu casos sintomáticos de Covid em 51% dos vacinados e casos graves da doença em 100% da população estudada. Essas taxas correspondem às divulgadas pelo Instituto Butantan em janeiro.

Fonte

G1.globo.com

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Entretenimento
Pescador alemão captura raro bagre amarelo na Holanda
Pescador alemão captura raro bagre amarelo na Holanda
VISUALIZAR
Santana de Parnaíba
Prefeito Marcos Tonho assina contrato para a construção do Complexo do novo colégio Abelardo
Prefeito Marcos Tonho assina contrato para a construção do Complexo do novo colégio Abelardo
VISUALIZAR
Economia
CARNE SALGADA! Entenda como fica preço da carne após suspensão das vendas para a China
CARNE SALGADA! Entenda como fica preço da carne após suspensão das vendas para a China
VISUALIZAR
Política
Prefeitos da Cioeste discutem implantação de energia solar nos municípios
Prefeitos da Cioeste discutem implantação de energia solar nos municípios
VISUALIZAR
Barueri
Furlan, Piteri e a Dep. Federal Bruna Furlan realizam vistoria oficial no Complexo Esportivo...
Furlan, Piteri e a Dep. Federal Bruna Furlan realizam vistoria oficial no Complexo Esportivo do Silveira
VISUALIZAR
Cidades
Morre professor Daniel da Juco
Morre professor Daniel da Juco
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )