Jornal a Cidade Regional - A melhor divulgação para você

Região Oeste já tem 210 casos confirmados de sarampo

Com fim da campanha, cidades priorizam vacinação para bebês acima de 6 meses
Região Oeste já tem 210 casos confirmados de sarampo
Internet

Região Oeste já tem 210 casos confirmados de sarampo

Webdiario

As cidades da região somam pelo menos 210 casos de sarampo. Mas esse total pode aumentar, já que todas elas ainda têm registros suspeitos, sob investigação. E nem todas as informações foram atualizadas pelas prefeituras. Quem lidera é Osasco, com 88 registros. Dentre as demais cidades com dados atualizados esta semana, informados ao Diário pelas prefeituras, estão Barueri, com 51, Santana de Parnaíba, com 20, e Itapevi, com 10. Já números da Secretaria Estadual da Saúde, com dados até o início de agosto, apontam ainda 37 casos em Carapicuíba, dois em Jandira e dois em Cotia.

Em todas elas, as prefeituras seguem recomendação do Ministério da Saúde e estão aplicando a chamada “dose zero” em bebês acima de 6 meses, além de seguir o calendário nacional de vacinação, que prevê doses aos 12 meses e 15 meses de vida.  Além disso, também são atendidos adultos que não tenham registro de vacinação, mas de acordo com a disponibilidade das doses. A medida vem sendo adotada desde o final da campanha de imunização, em 16 agosto. Além disso, as prefeituras realizam bloqueios, vacinando familiares e pessoas que estudam, trabalham ou convivem com doentes. 

OUVIR NOTÍCIA

As cidades da região somam pelo menos 210 casos de sarampo. Mas esse total pode aumentar, já que todas elas ainda têm registros suspeitos, sob investigação. E nem todas as informações foram atualizadas pelas prefeituras. Quem lidera é Osasco, com 88 registros. Dentre as demais cidades com dados atualizados esta semana, informados ao Diário pelas prefeituras, estão Barueri, com 51, Santana de Parnaíba, com 20, e Itapevi, com 10. Já números da Secretaria Estadual da Saúde, com dados até o início de agosto, apontam ainda 37 casos em Carapicuíba, dois em Jandira e dois em Cotia.

Em todas elas, as prefeituras seguem recomendação do Ministério da Saúde e estão aplicando a chamada “dose zero” em bebês acima de 6 meses, além de seguir o calendário nacional de vacinação, que prevê doses aos 12 meses e 15 meses de vida.  Além disso, também são atendidos adultos que não tenham registro de vacinação, mas de acordo com a disponibilidade das doses. A medida vem sendo adotada desde o final da campanha de imunização, em 16 agosto. Além disso, as prefeituras realizam bloqueios, vacinando familiares e pessoas que estudam, trabalham ou convivem com doentes. 

Fonte

Webdiario

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Cidades
Fazendeiro passa mal, desmaia e é devorado por seus porcos
Fazendeiro passa mal, desmaia e é devorado por seus porcos
VISUALIZAR
Cidades
Barueri: Circuito de Verão promove movimento para a vida das mulheres
Barueri: Circuito de Verão promove movimento para a vida das mulheres
VISUALIZAR
Cidades
Santana de Parnaíba fecha 2019 com um dos menores índices de homicídios da Região
Santana de Parnaíba fecha 2019 com um dos menores índices de homicídios da Região
VISUALIZAR
Cidades
Em 2020, brasileiros já pagaram R$ 100 bilhões de impostos em menos de 2 semanas
Em 2020, brasileiros já pagaram R$ 100 bilhões de impostos em menos de 2 semanas
VISUALIZAR
Cidades
Conheça as carreiras que estão em alta em 2020
Conheça as carreiras que estão em alta em 2020
VISUALIZAR
Cidades
Jornal A Cidade realiza campanha solidária 2019
Jornal A Cidade realiza campanha solidária 2019
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )