Jornal a Cidade Regional - A melhor divulgação para você

MC Gui pede desculpa por rir de menina e diz ser contra bullying: 'Errar é humano, perdoar é divino'

Em VÍDEO enviado ao G1, cantor diz que foi 'momento infeliz' o post no Instagram em que ele ria de uma menina em um trem da Disney
MC Gui pede desculpa por rir de menina e diz ser contra bullying: 'Errar é humano, perdoar é divino'
Internet

MC Gui pede desculpa por rir de menina e diz ser contra bullying: 'Errar é humano, perdoar é divino'

G1

MC Gui pediu perdão e disse que foi um "momento infeliz" o vídeo em que ele ria de uma menina na Disney. No novo vídeo enviado pela assessoria de imprensa do cantor ao G1, o cantor diz ser "totalmente contra o bullying".

No vídeo original, agora apagado do Instagram, ele dizia "Mano, olha isso", enquanto filmava a menina, visivelmente incomodada. A ação repercutiu e o artista foi criticado nas redes sociais.

"Gostaria de pedir perdão. Foi um momento infeliz, foi um vídeo infeliz em um momento inoportuno. Gostaria de dizer que eu sou contra totalmente bullying, fazer coisas com qualquer tipo de idade, mesmo sendo criança, adulto, idoso. Eu sou totalmente contra isso, do fundo do meu coração", ele diz.

"Eu visito diversas instituições. O que eu tenho dentro de mim é o que eu quero entregar a todo mundo: felicidade, respeito, carinho. E o que muitas crianças que eu sempre encontrei precisam", afirma MC Gui" "Errar é humano, perdoar é divino. Eu peço perdão a todos que se sentiram ofendidos", ele finaliza.

 

Campanha pela menina e contra Gui

No Twitter, brasileiros fazem campanha para que a Disney convide a menina e a família para um dia VIP nos parques após o constrangimento. A hashtag #JullyPrincessInDisneyworld é o assunto mais comentado do país na rede social.

A loja Black Nine California, que vendia produtos licenciados do artista, informou nesta terça (22) o rompimento com o cantor.

"Informamos que a partir de hoje não venderemos mais a marca do Gui (MC Gui). Nós não compactuamos com qualquer tipo de preconceito, muito menos quando se trata de uma criança", escreveu a loja em seu Instagram oficial.

A escola de idiomas CNA em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, cancelou o show que o cantor faria no dia 31 de outubro. "Foi solicitado o cancelamento do show do cantor MC Gui. Reforçamos que qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita", publicou a escola.

A prefeitura de Cambuquira, em Minas Gerais, também cancelou um show do cantor, que estava previsto para o dia 2 de novembro não será realizado.

 

OUVIR NOTÍCIA

MC Gui pediu perdão e disse que foi um "momento infeliz" o vídeo em que ele ria de uma menina na Disney. No novo vídeo enviado pela assessoria de imprensa do cantor ao G1, o cantor diz ser "totalmente contra o bullying".

No vídeo original, agora apagado do Instagram, ele dizia "Mano, olha isso", enquanto filmava a menina, visivelmente incomodada. A ação repercutiu e o artista foi criticado nas redes sociais.

"Gostaria de pedir perdão. Foi um momento infeliz, foi um vídeo infeliz em um momento inoportuno. Gostaria de dizer que eu sou contra totalmente bullying, fazer coisas com qualquer tipo de idade, mesmo sendo criança, adulto, idoso. Eu sou totalmente contra isso, do fundo do meu coração", ele diz.

"Eu visito diversas instituições. O que eu tenho dentro de mim é o que eu quero entregar a todo mundo: felicidade, respeito, carinho. E o que muitas crianças que eu sempre encontrei precisam", afirma MC Gui" "Errar é humano, perdoar é divino. Eu peço perdão a todos que se sentiram ofendidos", ele finaliza.

 

Campanha pela menina e contra Gui

No Twitter, brasileiros fazem campanha para que a Disney convide a menina e a família para um dia VIP nos parques após o constrangimento. A hashtag #JullyPrincessInDisneyworld é o assunto mais comentado do país na rede social.

A loja Black Nine California, que vendia produtos licenciados do artista, informou nesta terça (22) o rompimento com o cantor.

"Informamos que a partir de hoje não venderemos mais a marca do Gui (MC Gui). Nós não compactuamos com qualquer tipo de preconceito, muito menos quando se trata de uma criança", escreveu a loja em seu Instagram oficial.

A escola de idiomas CNA em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, cancelou o show que o cantor faria no dia 31 de outubro. "Foi solicitado o cancelamento do show do cantor MC Gui. Reforçamos que qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita", publicou a escola.

A prefeitura de Cambuquira, em Minas Gerais, também cancelou um show do cantor, que estava previsto para o dia 2 de novembro não será realizado.

 

Fonte

G1

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Cidades
Governo inclui cloroquina em tratamento de casos leves de covid-19
Governo inclui cloroquina em tratamento de casos leves de covid-19
VISUALIZAR
Cidades
Vereadora Néia Costa solicita criação de decreto suspendendo cortes de luz e água por 90...
Vereadora Néia Costa solicita criação de decreto suspendendo cortes de luz e água por 90 dias
VISUALIZAR
Cidades
Prefeito Elvis Cezar acompanha 1ª etapa da obra do Túnel
Prefeito Elvis Cezar acompanha 1ª etapa da obra do Túnel
VISUALIZAR
Cidades
Nossa homenagem ao saudoso Jornalista, Cordelista, Escritor e Poeta Toni de Lima
Nossa homenagem ao saudoso Jornalista, Cordelista, Escritor e Poeta Toni de Lima
VISUALIZAR
Cidades
SP: Uso de máscara será obrigatório a partir de quinta-feira
SP: Uso de máscara será obrigatório a partir de quinta-feira
VISUALIZAR
Cidades
Região tem mais de 2000 infectados e 166 mortes
Região tem mais de 2000 infectados e 166 mortes
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )