Jornal a Cidade Regional - A melhor divulgação para você

Feminicídio: Marido espanca esposa durante briga, sai de casa, e ela morre ao lado da filha de 3 anos

O crime aconteceu no Engenho Novo, em Barueri, na noite de segunda-feira.
Feminicídio: Marido espanca esposa durante briga, sai de casa, e ela morre ao lado da filha de 3 anos
Divulgação

Feminicídio: Marido espanca esposa durante briga, sai de casa, e ela morre ao lado da filha de 3 anos

Webdiario

Agressão aconteceu à noite, durante uma discussão. De madrugada, agressor ligou para a irmã, disse que tinha "brigado feio" com a mulher e pediu que fosse até sua casa, para ver como ela estava. A cunhada chegou, encontrou a porta fechada e, pela janela, viu a criança sozinha, chorando no escuro. Já a mulher estava morta na cama.

Uma jovem de 23 anos morreu  ao lado da filha – de apenas 3 anos – após ela ter sido espancada pelo marido. O crime aconteceu no Engenho Novo, em Barueri, na noite de segunda-feira.

Após bater na vítima, o agressor saiu de casa, deixando as duas sozinhas. Já na madrugada de terça-feira, ligou para a irmã, disse que havia “brigado feio” com a esposa e pediu que fosse até sua casa, para ver como ela estava.

Junto com outros dois irmãos, ela foi até o local e a porta estava trancada. O trio chamou então a mãe da cunhada, que mora no mesmo quintal, mas em casa separada. Eles conseguiram ver, pela janela, que a filha do casal estava sozinha e no escuro, chorando. Orientam então a criança a pegar uma chave, que estava sobre a mesa, e abrir a porta.

Quando entraram, encontraram a cunhada caída na cama, de bruços, já sem vida. Ela tinha sinais de estrangulamento, além de escoriações. A mãe da vítima disse que não ouviu discussão na noite anterior. Segundo o Diário apurou, a jovem trabalhava na central de  videomonitoramento da Prefeitura de Barueri.

OUVIR NOTÍCIA

Agressão aconteceu à noite, durante uma discussão. De madrugada, agressor ligou para a irmã, disse que tinha "brigado feio" com a mulher e pediu que fosse até sua casa, para ver como ela estava. A cunhada chegou, encontrou a porta fechada e, pela janela, viu a criança sozinha, chorando no escuro. Já a mulher estava morta na cama.

Uma jovem de 23 anos morreu  ao lado da filha – de apenas 3 anos – após ela ter sido espancada pelo marido. O crime aconteceu no Engenho Novo, em Barueri, na noite de segunda-feira.

Após bater na vítima, o agressor saiu de casa, deixando as duas sozinhas. Já na madrugada de terça-feira, ligou para a irmã, disse que havia “brigado feio” com a esposa e pediu que fosse até sua casa, para ver como ela estava.

Junto com outros dois irmãos, ela foi até o local e a porta estava trancada. O trio chamou então a mãe da cunhada, que mora no mesmo quintal, mas em casa separada. Eles conseguiram ver, pela janela, que a filha do casal estava sozinha e no escuro, chorando. Orientam então a criança a pegar uma chave, que estava sobre a mesa, e abrir a porta.

Quando entraram, encontraram a cunhada caída na cama, de bruços, já sem vida. Ela tinha sinais de estrangulamento, além de escoriações. A mãe da vítima disse que não ouviu discussão na noite anterior. Segundo o Diário apurou, a jovem trabalhava na central de  videomonitoramento da Prefeitura de Barueri.

Fonte

Webdiario

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Cidades
Governo determina que preço do gás não pode ultrapassar R$70
Governo determina que preço do gás não pode ultrapassar R$70
VISUALIZAR
Cidades
Coronavírus: como fortalecer o sistema imunológico por meio da alimentação
Coronavírus: como fortalecer o sistema imunológico por meio da alimentação
VISUALIZAR
Popular
Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos confirmados de coronavírus, diz ministério
Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos confirmados de coronavírus, diz ministério
VISUALIZAR
Cidades
Grupo dos 20 países mais ricos diz que vai injetar US$ 5 trilhões na economia para superar...
Grupo dos 20 países mais ricos diz que vai injetar US$ 5 trilhões na economia para superar efeitos coronavírus
VISUALIZAR
Cidades
Coronavírus: Senado aprova decreto que reconhece estado de calamidade pública
Coronavírus: Senado aprova decreto que reconhece estado de calamidade pública
VISUALIZAR
Cidades
Barueri: Decisão da Justiça libera Furlan para disputar eleição
Barueri: Decisão da Justiça libera Furlan para disputar eleição
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )